Acesse o KSI - Kurole Sistema Imobiliário

Prós e contras de uma reforma

Categoria - Reforma e construção

Autor: Cibele Matins - 14/12/2016

Reformar ou não reformar? Eis a questão! Claro que o processo, na maioria das vezes, irá trazer benefícios a quem realizá-lo, mas para que não haja dores de cabeça e nem transtornos, ele precisa ser feito com calma, paciência e muita análise. Só que nem tudo é sempre mil maravilhas. A reforma da casa trará, obviamente, pontos positivos, mas alguns contras que valem ser colocados no papel. Por isso, analisamos essas questões com o intuito de mostrar o que é bom e o que deve ser colocado no papel.

As reformas, principalmente no final de ano, são bem comuns, pois é o período que as pessoas recebem o 13º, estão com um poder aquisitivo maior e querem começar o ano com uma casa reformada. Até algumas adaptações podem ser enquadradas nas reformas, mas, como já dissemos, há de analisar se é o momento certo. Vamos ao que interessa? Confira os prós e contras de uma reforma.

Prós em fazer uma reforma

Ano novo, casa nova. Nem sempre podemos colocar em prática essa ideia, afinal, a aquisição de um novo imóvel demanda muito dinheiro, processos burocráticos e afins. Mas, e se pudéssemos fazer uma reforma? É um jeito mais econômico, sem perder a essência de uma casa nova. A reforma pode modificar e muito uma casa. Tudo vai depender do investimento e da mobilização para mudança dos cômodos. Uma cozinha muito grande, por exemplo, pode se transformar em um ambiente com uma sala de jantar e uma cozinha. Aquela sala de estar gigante pode ser dividida em sala de TV e sala de estar… O aproveitamento dos espaços externos pode ser uma das opções. Realmente, há uma variedade de opções.

Fazer uma reforma é um jeito mais simples e direto de ter uma casa nova e toda repaginada. Às vezes, uma reforma pode ser baseada até em outros móveis e novas colorações na paredes. O importante mesmo é mudar e sentir que a casa ficou com a sua cara e que, realmente, ela está agradando.

Contras em fazer uma reforma

Quem não quer gastar muito dinheiro, talvez a reforma possa ser um adicional não tão indicado para o momento. Para fazer uma reforma, por mais simples que seja, é preciso uma orientação de profissionais ou de pessoas que, ao menos, tenham um pouco de conhecimento no que for mexer. Uma pintura mal feita, uma parede com um acabamento terrível, um encanamento com uma instalação ruim ou mesmo uma parte elétrica deficitária pode causar muito mais problemas se não forem bem feitas. Além, é claro, do gasto adicional para ajustar todos esses equívocos.

Quem tem muita pressa para resolver problemas e ver os resultados o quanto antes, a reforma não é muito por aí, ainda mais quando há pouca verba para agilizar os processos. Talvez, essa seja um dos contras que mais fazem as pessoas analisarem a reforma e se ela realmente vale a pena.